Uma história do C*RALHO!

Uma história do C*RALHO!

Sendo o nosso objectivo dissolver duvidas que atormenta as mentes dos nossos leitores, vimos hoje aqui tratar uma questão que nos incomoda a todos, como o caralho… afinal o que é o caralho, caralho? Qual a sua origem e porque será que serve para tudo, caralho?!!?

caravela

Pois bem, segundo a Academia Portuguesa de Letras, “CARALHO” é a palavra com que se denominava a pequena cesta que se encontrava no alto dos mastros das caravelas (navios antigos) e de onde os vigias olhavam o horizonte em busca de sinais de terra.

O CARALHO, dada a sua situação numa área de muita instabilidade (no alto do mastro) é onde se manifesta com maior intensidade o rolamento ou movimento lateral de um barco.
Também, era considerado um lugar de “castigo” para aqueles marinheiros que cometiam alguma infracção a bordo.

O castigado era enviado para cumprir horas e até dias inteiros no CARALHO e quando descia ficava tão enjoado que se mantinha tranquilo por um bom par de dias. Daí vem a célebre expressão “VAI PARA O CARALHO

O caralho, é a palavra que define toda a gama de sentimentos humanos e todos os estados de ânimo.

Quantas vezes, ao apreciar que uma coisa é boa ou te agrada, não exclamaste:
ISTO É BOM PRA CARALHO

Se um estrangeiro fala contigo e não percebes o que ele diz, perguntas ao intérprete:
QUE CARALHO É O QUE ESTE DISSE?

Se te aborreces com alguém manda-lo para o caralho. Se algo te interessa pouco,
NÃO IMPORTA UM CARALHO

Mas, se esse algo te interessa muito, então
IMPORTANTE PRA CARALHO

Também, são comuns estas expressões:

A gaja é boa p’ra CARALHO…
Esse tipo … é um CARALHO
Isso é longe p’ra CARALHO…
Está um frio do CARALHO
Está um calor do CARALHO

CARALHO! e não há nada que não se possa definir, explicar ou enfatizar sem juntar um “CARALHO

Se a forma de proceder de uma pessoa te causa admiração então dizes:
ESTE TIPO É DO CARALHO

Se um comerciante se sente deprimido pela situação actual do seu negócio, exclama, quase sempre assim :
ESTAMOS A IR PARA O CARALHO“.

Quando alguém se encontra com um amigo que há muito tempo não vê, sauda-o assim: ONDE CARALHO TE METESTE?

A partir deste momento poderemos dizer “CARALHO“, ou mandar a alguém para o “CARALHO“, com um pouco mais de cultura e autoridade académica …

Assim sendo, ide-vos pó caralho

Fonte: Diário de Bordo